quarta-feira, 4 de julho de 2012

Canção do Lobinho"

Rosa Clement, 

Eu sou o lobo mau, lobo mau...
Eu pego criancinha pra fazer mingau..."
Do ponto de vista do lobo:
A mamãe loba canta
com a voz terna de amor:
"Dorme lobinho meu,
que lá vem o caçador.

Dorme meu lindo bebê,
que ele tem arma na mão.
Só quer fazer da mamãe
um tapete para o chão.

Dorme logo meu peludo.
É perigoso lá fora;
tem homens caçando lobos,
não podes brincar agora.

Dorme e sonha com carneiros,
com campos cheios de flores,
um lindo rio e muitas árvores
sem sons ameaçadores.

Assim o bebê dormiu
enchendo a mãe de orgulho
e até floresta inteira
não fez o menor barulho.
Um Conto

Rosa Clement,

O cachorro comeu o bolo
e correu atrás da bola.

O gato ganhou um prato
com o nome escrito em prata.

O rato refez a toca,
no pé de um velho toco.

O sapo sujou a casa
e criou o maior caso.

O pato provou o milho
e correu mais uma milha.

O porco pisou na poça
ao beber água do poço

O pardal pousou na quadra
e foi pintado num quadro.

O boi abriu a porteira
e mugiu para o porteiro.

O papai contou um conto
e dormi sem me dar conta.