segunda-feira, 16 de maio de 2011

O GALO E A JÓIA


m galo estava ciscando no terreiro e, no meio da suja poeira, encontrou uma jóia.
- h - disse, triste, o galo - como ficaria feliz o meu dono se encontrasse esta jóia! Para mim, porém, ela é completamente inútil; eu preferiria ter achado um sabugo de milho . . .

ue para uns tem valor, para outros nada vale.
                                             Esopo
                          

Nenhum comentário:

Postar um comentário