segunda-feira, 4 de abril de 2011

A Rosa e o Beija-flor

                                                
A lagartinha Tixa corria de um lado para o outro,
nervosa, suada e assustada.
Quando viu Clarinha no jardim, gritou:
- Claaaaaaaaaaaaaaa ! ! !
- O que foi, Tixa? - perguntou Clarinha.
- A rosa está morrendo de tristeza - falou Tixa.- Então vamos falar com ela - respondeu Clarinha.
Rosa, a flor, abraçou as duas e assim falou:
"Clarinha, por que ninguém liga pra mim?
O elafante Trombão é um desajeitadão! 
Só com um pisão me deixa amassada no chão.
A zebra Listrinha quer se enfeitar me colocando na sua gravatinha.
Meus espinhos são tantos, mas tantos, que as crianças têm medo de mim.
Vale a pena viver assim?"
Quando Clarinha ia responder, chegou um Beija-Flor muito elegante, bem diferente do elefante.
usava camisa de listrinha, mas não era a zebrinha.

Rodeou todas as flores de todas as cores.
Escolheu a Rosa, tão cor-de-rosa, a mais linda flor de todo o jardim.


O Beija-Flor beijou Rosa, a flor, que por ele ficou toda dengosa, morrendo de amor.



 
Clique no livro e escreva uma história!

Nenhum comentário:

Postar um comentário