terça-feira, 19 de abril de 2011

A Galinha Rebelde


 
 A galinha do vizinho
bota ovo amarelinho,
bota um,
bota dois.
bota três
de cada vez.
 
 
Até que um dia pra melar
a danada da galinha
resolveu se rebelar.
  

Com um grito estridente
fez mostrar a toda gente
que naquela função deprimente
não queria mais atuar.
 
 
O galinheiro estremeceu!
 
Pensando no que fazer,
dona Zefa, sábia velha,
logo tomou a decisão;
que todo mundo tremeu.
 
 
Galinha que não cumpre a função,
que grita forte, eriça pena,
canta de galo mesmo sendo fêmea,
esperneia, protesta, se rebela,
só é mesmo muito boa,
em caldo quente e temperado,
seu destino é a panela.
Autoria de "Aisha"
 
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário